• Ana Maria Bahiana

Bem-vind@s ao meu admirável mundo novo!


Parece incrível, mas para alguém que trabalha exclusivamente online há mais de 20 anos, não ter o meu próprio site parece quase uma loucura. Certamente um absurdo. Mas tanta coisa chegou antes na minha vida que não teve jeito mesmo.

Mas na verdade eu não achava o gancho, o mote, o desejo, o tesão de ter um site. Quem mudou tudo isso foram meus filhotes de papel e palavras - neste caso, mais palavras que papel. Sou uma pessoa muito grata e muito feliz de ter trazido ao mundo tantas narrativas - minhas, de outros, da imaginação. Muitas mais virão, eu garanto, mas o desejo -aí, sim!- de reapresentar essas obras que andavam soltas por aí (viva o sebo!) me levou a esta nova jornada.

E para combinar, eu adicionei o blog que estou devendo há tanto tempo, num mix de coisas repescadas de várias mídias, em diversas épocas, e novos textos e etc. Espero ter muito etc, nessa coisa toda. Mas por enquanto, vamos ao que interessa: o primeiro passo. É muito bom estar com vocês tod@s.

PS 1: essa máquina de escrever existe, está no meu depósito e nela foram escritos um mundo de artigos, entrevistas, resenhas, pensatas, sortidos.

PS2: Tenho muita gente para agradecer, mas especialmente Alessandra Gelman Ruiz e seu time, Luiza Chamma, que fez essas lindezas de capas, e a turma que garante minha sanidade, aquele povo lindo de Eagle Rock.


67 views0 comments

Recent Posts

See All